sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Turismo sustentável, eco-turismo e esportes radicais

Abismo Ahumas - Foto: Acervo Atratur

Cidade de apenas 17 mil habitantes, localizada a 278 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, Bonito atrai inúmeros visitantes, em todas as épocas do ano, que buscam um passeio que garante muita proximidade com a natureza, além de cenários deslumbrantes, na cidade que possui o maior aquário natural de água doce do Brasil.

Mergulhos e flutuações em águas translúcidas, em meio a enormes cardumes coloridos, onde os peixes nadam, sem se importar com a presença o homem, são os maiores atrativos locais.

Encontrada na Serra da Bodoquena – local de maior concentração de florestas preservadas do Mato Grosso do Sul – o que garante ainda mais, a exuberância de Bonito. Além das atividades principais, o visitante também encontra inúmeras atividades na superfície, como cachoeiras nos arredores da cidade, que complementam a beleza natural e os atrativos aos turistas, além da conhecida descida pelo Rio Formoso.

Esportes radicais também são muito praticados, e vão desde o trekking, trilhas de bike, rapel, parapente, até o ultra-leve. Quase sempre realizados em meio à mata ciliar, as atividades possibilitam um contato humano com os animais silvestres.

Em terra, a bela Gruta do Lago Azul é a mais visitada. Como foi descrito pelo fotógrafo Luciano Candisani, sobre esta, em matéria publicada na revista Próxima Viagem, edição de fevereiro de 2008, “o espetáculo provocado pelo reflexo dos raios de sol nas águas, um caleidoscópio de muitas tonalidades de azul, é de cair o queixo”.

Além de todos esses atrativos, a cidade adota o turismo sustentável, e já virou exemplo. Visando a preservação ambiental, os moradores colaboram com os serviços oferecidos e taxas de visitação são cobradas aos visitantes. Estes, devem sempre estar acompanhados por um guia local registrado, a fim de que haja uma harmonia entre turismo e meio ambiente.

Não existe melhor época para se visitar Bonito, mas, no período das chuvas, o passeio pode ser mais proveitoso, pois, a vegetação encontra-se mais verde, as cachoeiras com águas abundantes e os animais aparecem mais.

Em meio a tantas opções de lazer, dez foram selecionadas, por Luciano Candisani, para facilitar ao turista na hora de optar pelo melhor passeio, aí vão as dicas:

1. Flutuação no Rio Sucuri
2. Flutuação no Aquário Natural
3. Visita ao Lago Azul
4. Flutuação no Rio da Prata
5. Mergulho no Rio Formoso
6. Rapel e mergulho no Abismo Anhumas (foto)
7. Visita à Caverna de São Miguel
8. Passeio até a Boca da Onça
9. Caminhada do Rio do Peixe
10. Descida de bote pelo Rio Formoso


- Este artigo foi útil, tem qualidade ou merece algum acréscimo. Deixe seu comentário abaixo ou assine nosso feed.

7 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi, Miriane!

Bonito realmente é uma lugar fora de série...ainda não tive oportunidade de ir lá, mas já assisti muitas matérias sobre esse local.

Abraço

Kátia Regina de Brito disse...

Miri,

Estou te acompanhando viu? estou gostando muito de ver vc escrever, parábens!!
Bonito é um dos lugares que estão na minha lista de locais onde ainda quero ir.
beijossss e continue que está muito bom!!

Guilherme disse...

Olá Miriane,

Ainda não conheço Bonito, que pelo que foi relatado, justifica e como o nome. Conheço Feliz, que é bonita como Bonito, não pelo fato de ter inúmeras atrações turísticas, mas por ser a melhor cidade do país para se viver, com IDH de 0,839.

Feliz é um paraíso, Bonito é roteiro a ser seguido.

Abraços a todos.

Chris disse...

Mais um lugar para minha lista de "lugares que preciso conhecer antes de morrer".

DuDu Magalhães disse...

hum, primeiramente parabéns por falar sobre Turismo.

Bonito é sim um lugar maravilho e um exemplo para o pais e para o mundo em se tratando de turismo sustentável.

Mas, não podemos nos esquecer que isso só aconteceu em Bonito por conta da privatização. Bonito estava sendo devastada pelo turismo de massa, e foi sábia a atitude de privatiza-lo.

Sou acadêmico em Turismo e faço parte de alguns fóruns sobre o mesmo. Temos discutido muito o quão importante é a privatização desses atrativos turísticos que estão sendo devastados.

O turismo sustentável está virando "modinha", mas precisamos de fiscalização. Acontece muito aqui no meu estado "Mato Grosso" pessoas dizerem que praticam/vendem o turismo sustentável, mas na realidade não é assim que funciona.

Enfim, há muitos locais no Brasil para serem conhecidos, falta apenas mais divulgação. Só que isso só acontece em momentos de crise, pelo menos para o turismo residencial. "Só temos" turismo residencial no Brasil nos momentos de crise... Um grande erro que começa no Ministério do Turismo.

Abraços


__________________________________
Quiser conferir

BLOG'S

http://minhainspiracao.blogspot.com/

http://visaocontraria.blogspot.com/

http://estranhopornatureza.blogspot.com/

http://o-morango.blogspot.com/

André disse...

fui levar uns pescadores. belo lugar e esta sabendo investir me propagando que é o mais importante.

trio eletrico disse...

Primeiramente parabens! pelo blog
Acreditando ser de total interesse desse blog espetacular
quero indicar acreditando ser de muita utilidade para o publico em geral
obrigado
www.zigbr.com

Melhor visualização com o navegador Mozilla Firefox