quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Foi desprezível

Via site Charges.com.br, de Maurício Ricardo

A propaganda eleitoral gratuita termina na próxima quinta-feira, à 00:00. O balanço que podemos fazer de tudo? A charge já diz um pouco: algo que beira o desprezível. Vimos um espetáculo da pior qualidade: candidatos, às prefeituras e respectivas câmaras de vereadores, fracos e sem propostas. Pessoas que estão descaradamente querendo entrar para a ainda nobre arte da política apenas para enriquecimento pessoal sem saber sequer o que vão fazer caso tomem posse.

A eleição bate à nossa porta, sem muitos de nós com a mais vaga de idéia de quem votar. Tudo isso, fruto de candidatos ruins, mas também de uma má organização política, tanto de partidos como dos órgãos competentes.

Há muita coisa para se melhorar e vamos ao menos tentar, fazer uma boa escolha neste domingo.

3 comentários:

Ana Célia disse...

"Baixaria", é a palavra que define essas eleições. Parece briga de vizinha fofoqueira, uma falando mal da outra...

Wander Veroni disse...

Oi, Catta Prêta!

Concordo contigo nesse aspecto de que os candidatos são fracos e que os candidatos a vereadores, não todos, transformaram o horário eleitoral num verdadeiro programa de humor. Isso é fato.

Mas não pdemos esqucer os debates que acontecem, de forma subliminar, a respeito das eleições de BH, como o caso do PT e do Aécio elegerem um laranja. Torço siceramente que BH não seja ignorante a ponto de deixarem dois palácios decidirem o novo prefeito.

Abcs,

------------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Daniel Leite disse...

O pior de tudo, Lucas, é que as propagandas desprezíveis não se limitam a gerar um peso morto no Horário Eleitoral. Por várias vezes, a população elege candidatos com nomes, falas e aparências debochadas com os chamados "votos de protesto". Quanto aos outros pleiteantes, em sua maioria robóticos, os mesmos discursos geram os mesmos resultados: raiva no eleitorado.

*Maurício Ricardo é sensacional.

Até mais!

Melhor visualização com o navegador Mozilla Firefox