quinta-feira, 6 de novembro de 2008

We Can Change

Não sou uma pessoa politizada. Não entendo de economia. Apesar de todo o meu pessimismo e mau humor, ainda acredito no ser humano. Confesso que não acreditava na vitória do Obama. Não por não acreditar nele, mas por duvidar do povo norte-americano. Não conseguia conceber, em minha mente, que um povo tão racista pudesse eleger um negro para presidente. Acordei ontem ouvindo a notícia de que Barack Obama havia sido eleito e demorou um pouco pra ficha cair. Fiquei feliz.

Não sei, na parte prática da coisa, o que vai mudar, pra onde o mundo vai andar, se é que vai andar, se vai melhorar. Não sei se o Obama vai ou não investir no etanol brasileiro (sic), mas isso não muda minha vida. Não sei se ele vai ser a favor ou contra pesquisas com células-tronco, ou se é favorável à união civil dos homossexuais. Não sei se ele vai ajudar a consertar os problemas financeiros dos países em desenvolvimento ou se vai dar um punch nessa crise financeira que assola o mundo (embora as bolsas tenham aberto hoje em alta). Enfim.

Obama não vai mudar o mundo, mas o simples fato de ocupar a cadeira mais importante dele deve significar alguma coisa. Obama é mais que um político, ele é um ícone (presidente rockstar, como alguns disseram), o símbolo da esperança que, teoricamente, é a ultima a morrer.

Sei que ele representa, mais que tudo, uma mudança (como ele mesmo anunciava na sua campanha). E representa, acima de tudo, uma vontade de mudar, um desejo de um mundo melhor. E acredite, embora eu ache que o mundo tá acabado e que não tem mais jeito, no fundo, lá no fundo, como eu disse no começo, eu ainda acredito no ser humano e quero um mundo melhor pra viver. Vai lá Obama!

7 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi, Laranja!

Tb estou feliz pela vitória de Obama, não pelo fato de ser o 1º nego presidente (o que é uma vitória soacial de grande relevância), mas pela capacidade de articulação e pela imagem de positivismo que ele representa. Gostei da sua sinceridade no texto!

Abraço,

=]
------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Kátia Regina de Brito disse...

Saudadessssss de ler seu texto!!! muito bom, como sempre ireverente. Parábens, ah! o projeto em HQ ficou ótimo viu? sucesso.
beijoo

Guilherme Freitas disse...

Barack Obama foi sem dúvida a melhor escolha para presidir a maior potência mundial. O democrata mostrou que a democracia existe nos EUA. O racismo ainda vai permanecer na sociedade americana, mas acho que essa eleição é um marco para o país e o povo americano. Me emocionei ao ver e ler o discursso do novo presidente. Espero que tudo de certo na governo Obama, que a prisão de Guantánamo seja fechada, que a paz reine no Oriente Médio e que Bush e sua gangue paguem por tudo que fizeram. Boa sorte Obama!

All3X disse...

Estou muito esperançoso (acho quesempre fui), e confio sim na capacidade humana de se tornar melhor.
E creio que não só Obama possa fazer um governo melhor, como podemos nós, em cada canto desse globo, ajudar que nossos governos também possam ser melhores. Falta um pouco de ação, mas vejo um sinal de mudança...
Valeu,
All3X

disse...

O mundo inteiro está voltado para Obama.
Acabei (ontem) de postar sobre ele tb. Via tantas noticias em todos os lugares que não podia ficar de fora da onda... rs
Eu concordo com vc. Tudo parece incerto, não é?
Fico feliz por algo estar mudando, mas vamos ver daqui pra frente.
Vamos esperar para ver se todo esse 'perfeccionismo' que ele aparenta é verdadeiro. E tem outra: vamos ver se 'vão' deixa-lo fazer algo!

Bjs

LETÍCIA CASTRO disse...

Laranja, é o primeiro post teu em que comento e acho que não fomos devidamente apresentados, apesar de já ter ouvido muito de vc. rs Muito prazer, sou a Letícia do Babel (jura?) hehehe e adorei o teu texto, viu? Não o conhecia, mas, sem dúvida, é um "sem fronteira" em qualidade e desenvoltura argumentativa.
Eu tb tenho o pé atrás com o Obama, mas compartilho do teu sentimento.
Beijão pra vc!

Camila Paulos disse...

Tomara que dê tudo certo e que ele não nos decepcione. :)

Melhor visualização com o navegador Mozilla Firefox